Entendo Layouts

Olá pessoas, hoje vamos falar de um assunto bem legal Layouts. Ele compõe a parte visual de uma aplicação android. Entender bem seu funcionamento faz parte do processo e ajuda muito na hora de desenvolver. Primeira coisa a ser entendida é o que é um Layout?

Bom o layout é um arquivo em formato xml que através de “tags” podemos incluir os elementos gráficos que queremos que nossa tela contenha. Cada tag, que é referente a um elemento do layout, pode conter dezenas de atributos tais como margens, espaçamentos entre o item anterior e posterior, alinhamentos, textos, id (que falaremos em seguida), dentre vários outros atributos.

Na imagem abaixo podemos ver como a tela ficou com as tags e os atributos de cada elemento. Só para termos uma ideia.

Entendo layouts
Entendo layouts

Existem atributos que serão aplicáveis em diversos componentes, e outros atributos que serão específicos de um componente. Como eu disse anteriormente, para entender bem os layouts é preciso ir um pouco mais fundo. Todos componentes gráficos herdam de uma classe chamada View (android.view.View), que é nativa do Android. Todos os gerenciadores de layout também herdam desta classe. Cada subclasse de View deve implementar o método onDraw(canvas) que é o método responsável por desenhar os componentes na tela. Então existe uma separação: widgets são os componentes gráficos como textos, imagens, edittext, entre outros. E existem os gerenciadores de layout, que são tipos de layouts aplicados a um arquivo de layout, como LinearLayout, RelativeLayout, FrameLayout, que serão responsáveis por armazenar os widgets.

Cada gerenciador de layout se comporta de forma específica e possui finalidades muitas vezes diferenciadas dos outros. O LinearLayout por exemplo é aplicável quando se quer um alinhamento horizontal/vertical entre os widgets, por exemplo, um formulário de cadastro fica melhor se for feito em um layout Linear. Já o RelativeLayout é aplicável quando se quer deslocamentos diferenciados entre um componente e outro. E o relative layout permite também relações de componente para componente, ou seja, você pode alinhar um texto embaixo de um outro texto, somente comparando estes dois. Falarei nos próximos posts como é o comportamento de cada um. Geralmente o que se aplica num app é a utilização de vários gerenciadores de layout, já que através das tags, você pode determinar que em certo “pedaço” da tela haja um tipo de layout diferente do restante da tela. Assim conforme a necessidade, vamos gerenciando nossa tela com o layout apropriado para cada situação, por isso é bem interessante entender cada um.

E se a questão layout estiver bem entendida, será muito mais fácil adaptar o layout para cada tipo de tela, já que no Android existem muitos devices com tamanhos diferenciados.

Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s